Informativo

FPM: SEGUNDO REPASSE DE JULHO É 10,82% MENOR EM RELAÇÃO AO ANO PASSADO


   O segundo decêndio de julho do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) é 10,82% menor em relação ao mesmo repasse do ano passado. E ainda pior, 18,43% abaixo da estimativa da Receita Federal do Brasil (RFB), feita no início deste mês.

   As prefeituras receberão o montante de R$ 396.216.663,45, nesta sexta-feira, 19 de julho. Neste valor está descontado o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Sem a retenção para o setor, o montante é de R$ 495.270.829,31.

   Segundo cálculos da CNM, o acumulado do FPM de janeiro até este repasse de julho chega a R$ 40.335.335.788,20. Esse valor é 0,9% menor do que o mesmo período do ano passado, em termos reais - descontada a inflação.

Previsão de queda
   De acordo com a estimativa da RFB, o Fundo de Participação este mês cairia 27% em relação a junho. No entanto, com este segundo decêndio e a previsão do terceiro, a queda deve ser maior: 28,8%.

   Em agosto a situação volta a melhorar e deve ocorrer aumento de 22% em relação a julho, prevê a Receita.

Replica Watches Rolex
Swiss Replica Watches UK
Swiss Replica Rolex Watches UK

FONTE: Confederação Nacional de Municípios (CNM).

   Comentários da empresa: Nessa linha, os pequenos Munícipios foram e são os mais atingidos, tendo-se em vista que o FPM é sua maior receita. Na expectativa da retomada do crescimento, sobram, ainda, os reflexos da crise com indicadores futuros, nada animadores, afastando os investidores. Assim, os recursos públicos tornam-se escassos, e necessário se faz rever todos os programas e ações em andamento, bem como aguardar sinais de melhora para novos investimentos. Reforçando, prudência é o recado.


Próximo Voltar