Informativo

CNM - GESTORES DEVEM CADASTRAR DADOS SOBRE SANEAMENTO ATÉ 16 DE DEZEMBRO


        Os gestores municipais brasileiros devem cadastrar informações locais no Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS) até o dia 16 de dezembro. A ferramenta digital vai propiciar o diagnóstico e o controle da realidade atual do setor no país. O SNIS já é considerado o maior sistema de informações sobre Saneamento Básico da América Latina. 

        Esse sistema propõe levantar dados nos módulos: Água e Esgoto, Resíduos Sólidos e Drenagem Pluvial. Dessa forma, contempla os quatro serviços instituídos pela Política Nacional de Saneamento Básico, por meio da Lei 11.445/2007. Para colaborar com a pesquisa, os gestores devem preencher formulários com os dados de 2015, que estão disponíveis online no site do SNIS. 

        O cronograma oficial prevê disponibilizar uma versão preliminar do diagnóstico até o dia 27 de fevereiro de 2017. O compartilhamento dos dados com os Municípios está previsto para a mesma data, e no dia 1.º de junho deve ocorrer a publicação da versão definitiva do Diagnóstico Nacional Sobre Saneamento Básico. É de suma importância que os gestores alimentem o sistema corretamente, uma vez que servirá para melhorar as estratégias de planejamento e controle das ações da área. Isso, segundo destaca a entidade, servirá tanto para os Municípios, quanto para a União. 

 

Para acessar o cronograma do SNIS para 2016, clique aqui.

Fonte: Confederação Nacional de Municípios - CNM

Publicado em 18/11/2016.


Próximo Voltar